domingo, 17 Out , 2021
evidencia

Cooxupé doa R$ 55.803,15 à Santa Casa para enfrentamento da Covid-19

há 4 meses

Na manhã de quinta-feira, dia 15 de abril, a Cooxupé fez a entrega do cheque de R$ 55.803,15 à Santa Casa de Misericórdia de São José do rio Pardo. O gerente da Cooxupé em Rio Pardo, Humberto de Souza Moraes entregou o cheque ao Provedor, senhor Edson Roberto Furlan e ao Tesoureiro Alberto Rangel Garcia.

Ambos agradeceram a iniciativa da Cooxupé pela importante doação, uma vez que a cooperativa já havia feito essa doação também no ano de 2020. Eles destacaram que o montante é muito bem-vindo, principalmente neste momento ao hospital, reiterando que a Santa Casa sempre cumprirá seus objetivos, que é acolher e tratar, de forma humanizada e com qualidade, os pacientes de São José e região.

Já o gerente da Cooxupé observou a importância desta ação por parte da Cooxupé e de seus Cooperados, tendo em vista a situação crítica pela qual passa as entidades hospitalares. Disse ainda que no estado de São Paulo os municípios de Altinópolis, Caconde, Divinolândia, Mococa, São Sebastião da Grama e Tapiratiba, também foram agraciados com doações.





DOAÇÕES DA COOXUPÉ SOMAM R$ 2,5 MILHÕES A 73 MUNICÍPIOS

A pedido dos cooperados e aprovação da Diretoria e Conselho de Administração, a Cooxupé destinou o montante de R$ 2.500.000,00 aos Hospitais de 73 municípios da área de atuação da cooperativa. Do valor distribuído, R$ 1.500.000,00 leva em conta principalmente o volume de Café comercializado no ano passado, pelos Cooperados. O outro montante leva em conta os Hospitais e Santas Casas que são regionais.

Para o presidente da Cooxupé, Carlos Augusto Rodrigues de Melo, o período ainda está repleto de incertezas e adversidades, requer cuidados e, principalmente, solidariedade. "Este é um dos princípios do cooperativismo! Vivemos um momento em que todos devemos voltar as ações e os esforços na luta contra o vírus. E, por meio da confiança de nossos cooperados, foi possível disponibilizar essa contribuição em prol das comunidades onde a cooperativa está presente. Juntos, sempre seremos mais fortes", concluiu Melo.




COLUNISTAS