tera, 21 Ago , 2018
evidencia

REJUVENESCIMENTO PALPEBRAL

há 1 mês

Dizem que os olhos são a janela da alma. Sabemos que através de um olhar podemos expressar sentimentos, emoções e “falar” com a boca fechada. Por suas características anatômicas tão singulares, pele muito fina e sensível e músculos que não param, o envelhecimento é rapidamente notado na região orbito palpebral. 

A alteração mais comum e facilmente observada é decorrente ao excesso e flacidez da pele ao redor dos olhos. Ocorre geralmente a partir dos 40 anos, e mais precocemente em pacientes de pele clara. Visualmente notamos a diminuição e fechamento dos olhos, podendo restringir o campo visual e atrapalhar a visão nos casos mais avançados. 

Entretanto a alteração fisiológica que mais altera a região orbito palpebral é decorrente da diminuição e deslizamento da gordura malar (maçã do rosto), formando as olheiras profundas, suco nasogeniano (bigode chinês) e contribuindo para a aparência de tristeza e cansaço. A prática de esportes de alta performance e emagrecimento abrupto pioram o quadro. 

A formação de rugas na região, conhecidas popularmente como pés de galinha, e o aparecimento de bolsas gordurosas são também motivos de incômodo e insatisfação. 

Abaixo listaremos alguns procedimentos que podem serem associados para melhor resultado: 

· Botox: Pequenas injeções são realizadas nos músculos e causam sua paralisia passageira (6 meses) suavizando e prevenindo os pés de galinha. Não há limite de idade para seu inicio, cada vez mais as pacientes têm procurado o tratamento como prevenção. 

· Laser: Promove a renovação e espessamento da pele palpebral, sendo bem indicado para flacidez leve. 

· Preenchimento: O ácido hialurônico é utilizada para hidratar e volumizar a região, aliviando rugas finais na pálpebra inferior, repondo a gordura perdida ou camuflando seu excesso, sendo bem indicado para olheiras. 

· Blefaroplastia: Cirurgia em que o excesso de pele é retirado e as bolsas de gorduras são reposicionadas ou removidas. Pode ser realizada tanto na pálpebra superior quanto na inferior. 

· Lifting palpebral: Procedimento cirúrgico que promove elevação da maça do rosto através do reposicionamento de estruturas profundas. Pode ser associado com a blefaroplastia.

 Opções e soluções não faltam, a final os olhos são para ver e também para serem vistos!

https://www.facebook.com/cirurgiaplasticabrunosouza/?hc_ref=ARRw-HJtuO4bPBQBKTJ-SULO38h7c8uW7aWP7Qf1BOmcNCY4Gmz9LvPEVZNGMqfK3YM&fref=nf


COLUNISTAS