domingo, 24 Mar , 2019
evidencia

OSTEOARTRITE

há 1 ano

Você sabia que, assim como os seres humanos, os cães também podem apresentar a osteoartrite?

A osteoartrite é uma doença crônica degenerativa que afeta os ossos e as partes moles das articulações (ligamentos, cápsula articular, etc.), causando desconforto e muita dor.

Esta doença pode estar presente em qualquer articulação, mas ocorre com maior frequência nas articulações do joelho, cotovelo, quadril ou pelve, “pulso” e nas articulações entre as vértebras (ocasionando os “bicos-de-papagaio”). As causas mais comuns da osteoartrite estão relacionadas com a idade, lesões crônicas, inflamações e obesidade, entre outros fatores.

Os sintomas da osteoartrite canina estão relacionados á dor que o animal sente, nem sempre são fáceis de reconhecer – podem varias de acordo com a gravidade da doença e o temperamento do animal. Dentre os sintomas mais comuns pode-se notar: 

  • Animais que relutam em se movimentar ou se movimentam lentamente;
  • Manqueira;
  • Tristeza e prostração;
  • Reação de agressividade ou defesa quando tocados.

 Não existe um tratamento único para cães com osteoartrite. O tratamento tem por objetivo avaliar a dor e a inflamação das articulações dos animais. Alguns casos podem ter resolução cirúrgica, outros não.

Apesar disso, é possível destacar alguns que podem melhorar a qualidade de vida do cão, sempre de acordo com a orientação do médico veterinário:

  • Controle de peso;
  • Exercícios físicos controlados;
  • Evitar piso escorregadio e escadas;
  • Usar cama acolchoada;
  • Uso de anti-inflamatórios e analgésicos. Eles agem na inflamação e na dor, proporcionado conforto para o animal. 

Lembre-se que o médico veterinário é o único profissional capacitado para diagnosticar esta doença. Se você suspeitar que o seu cão tem osteoartrite, leve o animal para uma consulta. Uma vez que a osteoartrite canina não tem cura, o tratamento adequado com anti-inflamatório proporcionará uma melhor qualidade de vida para o cão.


COLUNISTAS