sbado, 20 Abr , 2024
evidencia

Rio Pardo Futebol Clube: O seu novo clube - orgulho de ser alvinegro

há 1 ano

Amigos leitores. A Evidência Revista deste mês de junho tem a honra e o prazer de trazer a vocês um pouco da história vivida nos últimos 8 anos pelo seu novo clube - o sempre querido e respeitado alvinegro Rio Pardo Futebol Clube.

Em entrevista à revista, o presidente Marcelo Callegari Zanetti destacou o trabalho dedicado e muito competente exercido em sua gestão, que está sendo desenvolvido em longo prazo, por conta de equívocos promovidos por administrações anteriores que quase levaram a instituição a “fechar as portas”.


Presidente Marcelo Callegari Zanetti

Marcelo elencou uma série de medidas adotadas para fazer do RPFC um novo clube - mais moderno mais estruturado e principalmente mais atrativo do ponto de vista do que tem a oferecer para seus associados, recuperando, assim o orgulho do rio-pardense em dizer que é associado alvinegro.

“Essas medidas foram, em síntese uma reestruturação e recuperação do clube, acredito que de praticamente todas as áreas, inclusive a administrativa. Essa sempre foi uma meta, um objetivo que estamos alcançando aos poucos, com muito planejamento e ação, e que os associados estão sentindo e desfrutando”, observou o presidente alvinegro.

Além de investir em novas estruturas, a exemplo das novas quadras de Beach Tennis, inauguradas no mês passado, a gestão de Zanetti procurou fazer o básico bem feito, ou seja, cuidou, como não se via a muitos anos do que o clube já tinha, promovendo reformas, adaptações.

“Fizemos o que deveria ser feito e temos orgulho em dizer que, sim, recuperamos o clube em todos os aspectos. Hoje o RPFC é realmente um novo clube. Gostaria de agradecer e enaltecer nossos colaboradores que trabalham na manutenção de todo esse grande espaço, que compreende o ginásio poliesportivo, as piscinas, tênis, por todo trabalho promovido, principalmente na área verde, na limpeza, tudo para proporcionar aos nossos associados um clube digno do que sempre foi, é e será o alvinegro”, destacou.

Um dado que chama a atenção são os investimentos no RPFC nos últimos sete anos. Segundo dados administrativos, neste período foram investidos mais de R$ 1.700.000,00 em reformas e manutenções no clube.

Ao longo da entrevista, Marcelo mencionou que o andamento do novo projeto arquitetônico do clube, a criação do PDE - Programa de Desenvolvimento Esportivo e junto a eles demais Programas como o NBA Basketball School, La Liga Football School, as modalidades Lesmills de ginástica, o novo plano diretor, bem como a busca constante do clube em oferecer também aos gestores e colaboradores capacitações, uma característica do RPFC que garante a melhor equipe de profissionais a serviço de seus associados. E para finalizar, o presidente falou ainda sobre o “Programa Adote um Atleta”, que já está fazendo a diferença para alguns jovens carentes, possibilitando-os a prática de esportes como basquete e futebol no clube.


O presidente do alvinegro, Marcelo Callegari Zanetti, com parte da diretoria apresentando as novas quadras de beach tênnis do clube.

PROJETO ARQUITETÔNICO E NOVO PLANO DIRETOR

Marcelo falou sobre uma das maiores conquistas do clube destes últimos anos, que é o novo Projeto Arquitetônico, que começou a ser desenvolvido e colocado em prática em 2019, mas teve que ser interrompido durante a pandemia. “Estamos retomando esse grande projeto, que é uma espécie de ‘menina dos olhos’ do clube, já que reúne as principais melhorias em termos de estrutura para o espaço que o clube ocupa atualmente. Na verdade já iniciamos, como disse anteriormente, algumas dessas ações ao longo dos últimos 8 anos, mas é agora que, efetivamente, teremos a possibilidade de vislumbrar maiores feitos que fazem parte deste Projeto”, afirmou.

Um destes grandes feitos é a construção da nova sede do alvinegro, que se integrará junto às piscinas e ginásio poliesportivo - todos em um mesmo espaço. “É um sonho que ainda está no papel, mas com grandes possibilidades de iniciar num futuro breve. Uma parte do montante para concretizar esse sonho, que não é somente dessa gestão, mas dos associados e de grande parte da população, virá a partir da resolução do processo, que ainda corre na Justiça, sobre a antiga sede do clube”, explicou.

A nova sede não será apenas para uso do clube para suas atividades, mas também como uma nova fonte de recursos, já que o espaço poderá ser alugado para eventos.

Além da nova sede, o novo Projeto Arquitetônico do clube contempla novo espaço onde será instalado o Museu do RPFC, nova academia, sala de games, melhorias na sauna e piscina aquecida com vestiários, etc.

E para que tudo isso não se perca com o tempo e nem seja deixado de lado por administrações futuras, o Projeto será englobado no Plano Diretor e Estatuto do clube. “Essa é mais do que uma forma, mas uma garantia que novas gestões estarão atentas a esse Projeto e fazendo cumprir algumas diretrizes que estabelecidas junto ao Plano Diretor e Estatuto. O trabalho que nossa gestão está desenvolvendo não é do Marcelo ou para o Marcelo: é para o clube, para os associados atuais e os futuros e, claro, para a população rio-pardense. O RPFC é um patrimônio da cidade e precisa que as próximas gestões o enxerguem assim, sem vistas aos ‘próprios umbigos’ ou satisfação própria, deixando de lado o que já foi construído ou projetado”.

Marcelo voltou a destacar que toda a remodelação do clube, inserida no Projeto Arquitetônico tem como principal objetivo ofertar a melhor qualidade estrutural aos associados. “Nosso associado merece essa atenção que estamos promovendo desde que assumimos a gestão. Ele é o coração do clube. Procuramos ouvir as reivindicações e atender as demandas, sempre dentro das possibilidades do próprio projeto. E todos podem esperar que se o RPFC já é um novo clube, se tornará ‘o clube’ da cidade futuramente. Atualmente cerca de 10% da população é associada ao alvinegro. Nossa meta é atingir cerca de 20% e é também para isso que estamos trabalhando, investindo: proporcionar o melhor clube para um público maior, dentro das possibilidades de atendê-los”.

PDE - PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO ESPORTIVO

Um dos responsáveis pela amplitude que o RPFC teve nos últimos três anos foi à criação do PDE - Programa de Desenvolvimento Esportivo, lançado em meados de 2019. “O RPFC foi um dos pioneiros no Brasil a aderir e desenvolve-lo, com foco no melhor desempenho esportivo, recreativo e profissional nas modalidades oferecidas aos nossos associados. Com ele queremos dar a oportunidade de todos, independente da idade, terem um acompanhamento esportivo, desde a iniciação até o alto rendimento, ou seja, algo que vai muito além da prática de um esporte, mas no desenvolvimento humano”, disse, salientando que o PDE é uma nova projeção do clube em termos de esporte e que vem se aprimorando ano após ano desde sua criação.

A partir do PDE muitos professores também tiveram a oportunidade de se qualificarem, sempre incentivados pelo clube. “A reciclagem, a qualificação é muito importante na Educação Física devido às mudanças frequentes em diversas linguagens que baseiam essa profissão”.


NBA BASKETBALL SCHOOL E LALIGA FOOTBALL SCHOOLS

Para proporcionar ainda mais qualidade aos associados, desde agosto de 2021, o Rio Pardo Futebol Clube se tornou licenciado oficial, para utilizar as metodologias de treinamento da NBA Basketball School e LaLiga Football Schools.

“As duas metodologias estão em processo de expansão mundial e o RPFC é atualmente uma das 150 unidades escolhidas para desenvolver a metodologia da NBA Basketball School e uma das 10 unidades escolhidas para iniciar com a LaLiga Football Schools no Brasil. A NBA e LaLiga são consideradas duas das ligas esportivas com maior impacto mundial e por meio dessa parceria o RPFC irá utilizar as metodologias, no qual os professores do clube passaram pelos treinamentos da NBA e LaLiga denominados de: “Train The Trainner” com um amplo e rigoroso processo que inclui de forma sistemática o desenvolvimento dos valores, desenvolvimento de habilidades, compreensão tática, comunicação e desenvolvimento cognitivo com a criação de atletas inteligentes. Esses conteúdos foram embasados em conceitos elaborados pelos melhores especialistas internacionais no processo de ensino-aprendizagem das respectivas modalidades”, destacou o presidente.

Ele acrescentou que “dessa forma, os professores estão mais preparados para promover não só treinamento de alta qualidade, mas sim, experiências incríveis por meio dessas modalidades”.

As duas metodologias ainda prometem uma série de eventos envolvendo treinadores de alto rendimento e presença de atletas em eventos exclusivos para os clubes e escolas de esportes licenciados às duas marcas.

Com essas duas metodologias que estão alinhadas ao Programa de Desenvolvimento Esportivo do RPFC, juntamente com outras ações que já foram realizadas como o treinamento dos treinadores por meio do Empowering Coaching™ e capacitações constantes, o RPFC passa a promover um outro nível de iniciação e aperfeiçoamento de suas modalidades esportivas, um privilégio os associados.





“INVESTIR EM CAPACITAÇÃO É INVESTIR NO CLUBE, NO ASSOCIADO”

Por falar em capacitação, Marcelo Zanetti sempre fez questão de mencionar os cursos, treinamentos e capacitações realizadas para os colaboradores do clube.

“Investir em capacitação dos nossos colaboradores é investir no clube, no associado. Inclusive, o RPFC também incentiva e proporciona condições para os gestores se qualificarem. Alguns estão fazendo MBA e outros já concluíram essa etapa. O conhecimento específico em cada área de atuação faz toda a diferença da gerência do clube e nos demais departamentos, principalmente para otimizar os trabalhos e na resolutiva mais eficaz de problemas”.

PROGRAMA ADOTE UM ATLETA

A atual gestão do alvinegro quer evidenciar também a função social do RPFC. Para auxiliar as crianças e jovens de famílias mais carentes a terem condições de praticar basquete e futebol, o clube está promovendo o Programa Adote um Atleta.

“O Programa foi lançado oficialmente no Rio Pardo Exposhow, sendo que a organização já adotou 15 crianças para iniciarem os treinamentos em ambas modalidades no RPFC. Para as pessoas ou empresários que quiserem adotar um atleta, o Programa funciona assim: o RPFC investe a metade do valor do custeio desse atleta e a pessoa ou empresário a outra metade, principalmente para aquisição de uniformes, pagamento de mensalidades, materiais e franquias, que são padronizados tanto para o basquete, quanto para o futebol”, explicou, ressaltando que essa é mais uma forma de aproximar o clube da população e oferecer sua estrutura para que crianças e jovens pratiquem um esporte e quem sabe em um futuro próximo possam representar o município em competições estaduais, nacionais e até internacionais.

“Acreditamos que a prática esportiva engloba muito mais que a atividade física, mas a formação de cidadãos que também possam contribuir futuramente com a sociedade. O esporte abre portas, cria oportunidades, revela talentos. E o RPFC quer contribuir a essa formação”, afirmou.

Para finalizar, a revista questionou Marcelo sobre o futuro do novo clube alvinegro. “Com todas essas novidades e projetos, e que estão sendo colocados em prática, creio que o clube está em pleno desenvolvimento, com uma perspectiva excelente para os próximos anos. Digo sempre que não estamos fazendo nada a curto e médio prazo, mas em longo prazo, que se for bem feito como estamos propostos a fazer e realmente estamos fazendo, teremos um clube ativo, com boa média de associados, organizado, com as contas em dia e bem estruturado para os próximos 100 anos”, concluiu.


Presidente Marcelo Callegari Zanetti e o vice presidente Márcio Henrique Prevital

ADOTE UM ATLETA
Parceria com Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo

Diretoria do Rio Pardo Futebol Clube, com Marcio Zanetti (Prefeito Municipal), Talita Salomão (Secretária de Assistência e Inclusão Social) e Agenor Ribeiro (Presidente do DEC - Departamento Esportes e Cultura)


Sexta-feira, 27 de maio de 2022, a Diretoria do Rio Pardo Futebol Clube, se reuniu com Marcio Zanetti (Prefeito Municipal), Talita Salomão (Secretária de Assistência e Inclusão Social), Agenor Ribeiro (Presidente do DEC - Departamento Esportes e Cultura) e demais membros de cada área, para apresentar os grandes benefícios que o projeto ADOTE UM ATLETA trará à sociedade rio-pardense.
O apoio da Prefeitura é imprescindível para o projeto conseguir ajudar crianças carentes que precisam do esporte e que através dele, possam mudar suas vidas.
"Transformar crianças carentes em cidadãos de bem. O esporte como ferramenta para mudarmos o mundo." - Este é o objetivo do Adote um Atleta!

E com apenas 80 reais por mês, dê a oportunidade de uma criança ter acesso aos melhores métodos esportivos do mundo: NBA Basketball School e La Liga Football School.


UMA EQUIPE EXPERIENTE E PREPARADA

Para que o RPFC realmente funcione e tudo esteja pronto apenas esperando que os associados desfrutem, uma grande equipe trabalha ‘nos bastidores’. Eles fazem parte dos setores de manutenção, administração, serviços, etc, que unindo muita experiência e preparo desempenham com carinho, maestria e respeito seus trabalhos no alvinegro e sentem muito orgulho em ser Rio Pardo Futebol Clube.

 

Vejam, abaixo, alguns depoimentos dos colaboradores mais experientes do clube.

“Cerca de quase 10 anos atrás o clube estava muito ruim, mas essa nova gestão reergueu o RPFC e isso nos enche de orgulho. 
Eu sinto prazer em dizer que trabalho aqui há 17 anos e já estou com 70 de idade. O clube me enxerga como uma pessoa útil e faço muitas coisas aqui”

Jorge Luis Gonçalves, 70 anos, 17 dedicados ao RPFC.


“As mudanças que ocorreram ao longo dos últimos no RPFC foram maravilhosas e essenciais para manter o clube, tudo mudou para o bem de todos, desde os associados até nós, colaboradores.
É uma grande satisfação em trabalhar aqui”.

Ana Paula Monteiro dos Santos, 45 anos, 10 dedicados ao RPFC.

 

“O clube realmente mudou para melhor e está uma maravilha. É uma alegria e satisfação trabalhar aqui. Trabalhei em vários lugares, mas é no RPFC que realmente gosto de trabalhar!”

José Sebastião da Silva, 69 anos, 13 dedicados ao RPFC.

 

• Fotos: Pedro Júlio Photografias

• Texto e Reportagem: Natália Tiezzi

• Produção: Marcelo Trinca

• Direção e conteúdo editorial RPFC: Agência Couchê


COLUNISTAS